Minerva Biodiesel adere a programa de descarbonização do setor de combustíveis
MMDA
05.24.2021

Atuamos com a missão de ser uma unidade de negócio 100% sustentável e com Créditos Ambientais”, afirma Marcelo Queiroz, diretor da Minerva Biodiesel

Hoje (19), a Minerva Biodiesel — unidade produtora de biodiesel da Minerva Foods — anunciou sua adesão ao programa RenovaBio, parte do Plano Nacional de Desenvolvimento do Setor de Biocombustíveis. O objetivo deste projeto é permitir o aumento da capacidade de produção de biocombustíveis “ao mesmo tempo em que estimula a competição sustentável entre as usinas”.

Além da novidade que reforça a agenda de ESG da Minerva, a companhia poderá emitir créditos de descarbonização com a emissão de CBIOs (Certificados de Biocombustíveis). A empresa terá o potencial de emitir cerca de 98.337 CBIOs, ativos com valor de mercado que podem ser negociados na B3 (Bolsa de Valores). Cada unidade do crédito equivale a uma tonelada de dióxido de carbono, um dos principais responsáveis pelo efeito estufa.

“Atuamos com a missão de ser uma unidade de negócio 100% sustentável e com Créditos Ambientais. Aderimos ao programa, pois acreditamos que esta é mais uma forma de viabilizar a preservação ambiental em nosso modelo de operação. Além de agregar valor econômico para toda a nossa cadeia, nossa unidade de negócios promove novos relacionamentos e parcerias comerciais, respaldadas nas melhores práticas socioambientais”, explica Marcelo Queiroz, diretor da Minerva Biodiesel. “Assim, seguimos com uma operação totalmente alinhada à tendência mundial que busca por uma economia verde ou de baixo carbono e operações que auxiliam com Mecanismos Desenvolvimento Limpo.”

Fonte: Forbes Brasil