Minerva: Por que a ação é a melhor do setor de proteínas, segundo o Santander
Redação
11.24.2021

As ações da Minerva (BEEF3) operavam bem acima da performance do Ibovespa (IBOV) nesta terça-feira (23), dia em que o Santander (SANB11) reiterou a recomendação de compra do frigorífico, apontando o papel como favorito do setor. O banco não indicou preço-alvo.

A tese de investimento do Santander se apoia na diversificação geográfica da Minerva em meio ao receio do mundo em comprar carne brasileira diante de casos suspeitos de vaca louca.

“Vemos uma recuperação operacional à Minerva devido a maiores exportações para países que não

sejam a China (incluindo a Rússia)”, explica o analista Rodrigo Almeida.

Ainda nesta terça, a Rússia afirmou que retomará a importação de carne bovina e suína de 12 unidades brasileiras nesta semana, de acordo com regulador de segurança sanitária do país.

As exportações diárias de carne bovina se estabilizaram em torno de 4,9 mil por tonelada, apresentando estabilidade em relação à semana anterior, conforme dados da Agência de Comércio Exterior do Brasil (Secex).

Enquanto os preços de exportação de todas as proteínas permanecem fortes, o analista nota que o spread de carne bovina (exportação e mercado doméstico) foi negativamente impactado pelo forte aumento nos preços do gado, que saltaram 19% no acumulado do mês.

Por volta das 14h, as ações ordinárias da Minerva subiam 2,18%, negociadas a R$ 8,89. No mesmo instante, o Ibovespa cedia 0,11% com 102.008,05 pontos.

Fonte: Money Times