MPF no Pará diz que Minerva tem 100% de conformidade socioambiental, JBS tem 68%
Redação
10.13.2021

O Ministério Público Federal no Pará disse na quinta-feira (07) que a Minerva Foods atingiu 100% de conformidade socioambiental e a JBS ficou com 68% segundo auditorias realizadas em 2020 considerando transações de gado entre janeiro de 2018 e junho de 2019.

As auditorias avaliaram se as compras de gado no estado foram regulares, evitando transações com propriedades localizadas em áreas com desmatamento ilegal, trabalho escravo, invasão de terras indígenas e conservadas, ou sem regularização ambiental ou fundiária.

Segundo a auditoria, 100% das compras da Minerva foram realizadas regularmente. No caso da JBS, 32% do gado comprado pela empresa estava em situação irregular.

A JBS informou em comunicado que os resultados da última auditoria foram impactados por uma mudança na metodologia de avaliação do MPF, e que investirá R$ 5 milhões para fortalecer a sustentabilidade na cadeia produtiva da pecuária no Pará.

“A JBS esclarece que os resultados decorrem, principalmente, de imprecisões nas definições dos critérios de monitoramento e nas bases de dados utilizadas como referência no processo de auditoria”, disse a empresa na sexta-feira (08).

A processadora de carne bovina acrescentou que dobrou o número de Escritórios Verdes no Pará para quatro. Esses escritórios dão suporte à regularização ambiental de propriedades rurais e agora também vão trabalhar na regularização fundiária de propriedades fornecedoras de gado.

A JBS disse ainda que vai auditar 100% das compras de gado no Pará, bem como reforçar as ações de incentivo à adesão dos pecuaristas à sua Plataforma Pecuária Transparente, que permite aos produtores analisar a sua cadeia de abastecimento com os mesmos critérios adotados pela JBS, utilizando a tecnologia blockchain.

Além da Minerva, os outros frigoríficos avaliados que tiveram 100% de conformidade ambiental foram Agroexport, CASFRISA, Frigorífico Rio Maria, Masterboi e Mercurio. O Frigol teve 95,9% de conformidade.

Fonte: Jornal Campo Aberto