O Programa Renove e o futuro da agropecuária
Bela Magrela
15.06.22

A pecuária é essencial para a economia e a alimentação do mundo, além de atuar no desenvolvimento local para as comunidades.

A Minerva Foods acredita ser possível manter a produção de carne alinhada aos objetivos de redução de impactos ambientais e desenvolve iniciativas que envolvem toda a cadeia produtiva, com o objetivo de produzir alimentos conservando o meio ambiente.

O Programa Renove foi criado pela Minerva Foods a partir desse contexto, para promover o engajamento e atuação colaborativa com produtores rurais, fornecedores ou não da Companhia, na implementação de boas práticas agropecuárias que aumentem a produtividade, a renda e que tragam benefícios ao meio ambiente por meio da conservação da biodiversidade e da baixa emissão de carbono.

 

Quais os componentes essenciais para a execução do Programa Renove?

 

  • Capacitação

A Capacitação e assistência técnica são fundamentais para garantir a adequada implementação e manutenção das boas práticas ao longo do tempo.

O Programa apoia parcerias e atividades de extensão rural, transferência de tecnologia, capacitação para que os técnicos rurais e pecuaristas tenham as ferramentas e conhecimentos necessários.

 

  • Finanças Verdes

O acesso ao crédito rural diferenciado para os pecuaristas engajados na pecuária sustentável é fundamental para viabilizar a ampla implementação das boas práticas.

O Programa Renove está trabalhando com instituições financeiras para viabilizar linhas de crédito e fundos que reconhecem o desempenho dos pecuaristas parceiros.

 

  • Parcerias Técnicas e Institucionais

A Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), CIAT e Imaflora (Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola) são instituições de renome da América do Sul que trabalham junto ao Programa Renove para garantir o uso de metodologias com respaldo científico e de credibilidade internacional, alinhados às constantes inovações no setor.

O Programa Renove em um ano atuou em todos os países de operação da Minerva Foods na América Latina, mobilizando um total de 91 fazendas, desenvolvendo projetos em parceria com instituições estratégicas.

 

Projetos em andamento do Programa Renove

 

Projeto MRV Agro

O Projeto MRV Agro, em parceria com a Embrapa tem o objetivo de desenvolver:

  • Um protocolo de Medição, Relato e Verificação (MRV) para o Agro;
  • Desenvolvimento do aplicativo AgroTag Carbono, para o georreferenciamento de dados e cálculo do inventário de emissões de gases do efeito estufa das fazendas;
  • Adaptação e atualização do GHG Protocol para utilização adequada em confinamentos.

No projeto, já calculamos o balanço de carbono de 23 fazendas no Brasil (período de julho de 2020 a junho 2021). As fazendas participantes forneceram 12% do volume de gado comprado no Brasil em 2021.

Os resultados iniciais apontam que 22 fazendas emitem menos que a média nacional para a atividade pecuária e que 11 das fazendas analisadas sequestraram mais carbono do que emitem, sendo carbono negativas.

Isso é devido às boas práticas empregadas no manejo e uso da terra, tais como recuperação de pastagens degradadas por meio da implementação da Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) ou o melhoramento das pastagens e pela mudança de um cultivo convencional por um cultivo conservacionista, como o Sistema de Plantio Direto (SPD).

 

Projeto Certificação LATAM

O Projeto Certificação LATAM, realizado em parceria com o Imaflora, calculou o balanço de carbono e intensidade de emissões em 5 fazendas de cada país de atuação, Argentina, Brasil, Colômbia, Paraguai e Uruguai, totalizando 25 fazendas, 490 mil hectares e 232 mil cabeças de gado.

A estimativa da intensidade de emissões na produção bovina global, encontrada a partir da análise de mais de 30 artigos científicos, foi de 19,9 toneladas de CO2 e por tonelada de carne produzida.

As 25 fazendas fornecedoras da Minerva Foods se posicionam em média 44% abaixo desse valor. Ao avaliar o balanço de carbono do sistema produtivo de cada uma delas, que inclui as emissões e as remoções que ocorrem na propriedade, há três que são carbono negativo.

Na Conferência Mundial do Clima (COP26) da ONU os resultados foram apresentados e a Minerva Foods foi a primeira e única do setor a integrar e relatar seu projeto na plataforma Carbon on Track, do Imaflora.

As fazendas participantes desse projeto têm sua pegada de carbono certificada com selo concedido por uma organização independente com sistemas de certificação em mais de 100 países, baseados em padrões internacionalmente reconhecidos, como o GHG Protocol.

Por meio de auditorias anuais, será possível monitorar as atividades agropecuárias, evidenciando melhorias no balanço de carbono das fazendas por meio da implantação de práticas de baixa emissão como intensificação, sistemas rotacionados, sistemas integrados, redução da idade de abate, entre outros.

A Minerva, em 2022, exportou pela primeira vez carne certificada de carbono neutralizado, ou seja, carne com as emissões mensuradas e auditadas em sua produção, processamento e logística, e compensadas por meio da compra de créditos de carbono da MyCarbon.

Além disso, a Minerva Foods implementa um plano de redução de emissões em suas unidades produtivas e nas fazendas fornecedoras parceiras para mitigar continuamente as emissões originadas no processo produtivo, que precisam ser compensadas. 

A MyCarbon é uma empresa subsidiária da Minerva Foods criada em 2021 focada na atividade de desenvolvimento, aquisição e comercialização de créditos de carbono de alta qualidade dentro de projetos de agricultura, silvicultura, uso da terra e energia renovável da América Latina.

 

Projeto Carbono

No Projeto Carbono, conduzido em parceria com a Biofílica Ambipar Environment, foram utilizadas tecnologias de sensoriamento remoto para analisar a presença de ativos ambientais em 382 fazendas no Brasil e Paraguai.

Dessas, 60 pecuaristas fornecedores da Minerva Foods foram convidados para participarem do projeto piloto, sendo 10 fazendas no Chaco Paraguaio e 50 fazendas no Brasil.

O projeto visa a conexão dessas fazendas com o mercado voluntário de carbono, finanças verdes e capacitação, com a intenção de criar incentivos para a expansão das práticas de baixa emissão de carbono na pecuária.

 

Chamada para o futuro

O desempenho do Programa Renove em seu primeiro ano já colheu excelentes frutos. Seguimos em nossa agenda beneficiando produtores e sociedade, contribuindo para o meio ambiente e atendendo as demandas dos consumidores.