Pecuaristas e frigoríficos: uma parceria de sucesso!
Bela Magrela
09.09.21

Com o avanço da modernização global da pecuária e dos processos industriais, a transparência e o diálogo têm crescido e estreitado a relação entre os pecuaristas e frigoríficos. O papel de fornecedor/comprador tem sido deixado de lado, dando cada vez mais espaço, às parcerias, que buscam agregar qualidade ao longo da cadeia, beneficiando todo o sistema.

A seguir, trazemos alguns exemplos que destacam esse estreitamento da relação, além de políticas e práticas voltadas às trocas e ao diálogo entre os elos, onde toda cadeia de produção de carne bovina sai ganhando!

 

Estreitando laços por meio da disseminação do conhecimento

Em meio a pandemia, as indústrias e canais de comunicação das empresas precisaram se reinventar.

Práticas como dias de campo, exposições, feiras e visitas técnicas deixaram de acontecer de forma presencial, substituídos em grande parte por lives, webinários e encontros remotosAcompanhando essa crescente, as principais indústrias de carne bovina no mercado brasileiro movimentaram-se e iniciaram um processo de comunicação com o público em geral e com pecuaristas.

Hoje, em plataformas online estão disponíveis uma série de materiais com temas como a importância da produção pecuária brasileira, expectativas e caminhos do consumo de carne, materiais que abordam desafios e oportunidades para a cadeia, bate-papos com especialistas, entre outros conteúdos direcionados à produção pecuária.

Foram produzidos, também, materiais voltados ao dia a dia na fazenda e a importância de cada elo dentro do processo de produção, como na websérie Minerva Foods “De família para família”, fazendo nascer um importante diálogo entre cadeia produtiva, comunidade e produtor.

 

Conexão entre a indústria e os pecuaristas

Existem ainda, nos frigoríficos, plataformas exclusivas voltadas diretamente aos pecuaristas que, de acordo com a necessidade de cada empresa, buscam atender a objetivos ou padrões necessários, sistemas de bonificação ou certificações específicas, visando criar canais de comunicação eficientes para dialogar com os pecuaristas, fornecedores de sua principal matéria-prima.

O programa Laço de Confiança, também iniciativa da Minerva Foods, oferece uma gama de produtos e serviços exclusivos aos pecuaristas parceiros, no Brasil e na Colômbia. Seja a campo, por meio do acompanhamento dos profissionais da empresa ou pela internet, disponibilizando conteúdo pelos mais variados canais.

O “Falando Pecuária” faz parte do programa Laço de Confiança e promove palestras e encontros para debater pontos chave entre os elos da cadeia, principalmente pecuarista e indústria, e, mesmo frente à interrupção dos eventos presenciais em função da pandemia, continua levando conhecimento e orientação sobre as melhores práticas produtivas, de forma online.

O programa Laço de Confiança também está presente no Instagram, disponibilizando informação e conhecimento dentro da plataforma

Os pecuaristas parceiros da Minerva Foods também contam com o Aplicativo Minerva Pecuarista, onde é possível consultar notas fiscais, romaneios de abates, boletins climáticos e outras funcionalidades que auxiliam na gestão da propriedade, direto do celular.

O programa é fruto de uma parceria entre a Minerva Foods, Phibro Animal Health e Biogenésis Bagó, e procura orientar e dar suporte aos pecuaristas, dentro da rede de fornecedores, dispostos a aceitarem o desafio de produzir animais com padrão de qualidade superior, através do avanço tecnológico, para alimentar o crescente mercado de carnes de alto padrão.

Na sua terceira edição em 2021, o PEC esteve aberto, este ano, para pecuaristas que abateram nas cidades de Araguaína (TO), Janaúba (MG), José Bonifácio (SP), Mirassol D’Oeste (MT) e Palmeiras de Goiás (GO).

Durante o programa, as empresas parceiras alocam sua estrutura técnica e comercial em todos os estados participantes, buscando motivar e atrair cada vez mais pecuaristas, levando a visão de que com orientação adequada, é possível elevar o patamar de eficiência produtiva da fazenda.

As carcaças destinadas ao programa são avaliadas dentro dos seguintes critérios: uniformidade do lote, padronização do peso das carcaças, acabamento adequado, menor idade ao abate e pH adequados da carne.

Para fazer o conhecimento chegar a um maior número de pessoas, o PEC conta ainda com um canal no YouTube, o PECTV, que traz em sua programação entrevistas com especialistas e depoimentos dados por pecuaristas e profissionais referência para o setor, voltados à padronização e eficiência produtiva.

 

Processos de adequação e certificações como estratégias sustentáveis

A pauta sustentabilidade ganhou corpo, principalmente com o avanço de práticas “Environmental, social and corporate governance (ESG)”, onde a pecuária é um dos principais pontos de discussão.

Estratégias de mitigação de gases de efeito estufa, controle da originação e adequação de fornecedores, impuseram adequações em processos legais recentes, como CAR e ao Código Florestal.

“O nosso compromisso com a sustentabilidade visa a evolução na cadeia de fornecimento sob a ótica da atuação sustentável, melhores práticas em bem-estar animal, qualidade e eficiência na produção. Acreditamos que o esforço para uma pecuária sustentável deve ser coletivo” destaca Tamara Leite Ferreira Lopes, Gerente Corporativa de Sustentabilidade da Minerva Foods.