Page 32 - Minerva Foods | Relatório de Sustentabilidade 2016
P. 32

 Os resultados evidenciam a capacidade de previsibilidade e a correta orientação dos negócios. A localização das unidades industriais em to- das as importantes regiões produtoras de gado no Brasil, no Paraguai, no Uruguai, na Colômbia e na Argentina reduz a exposição a diversos riscos, como surtos sanitários e mudanças climáticas, que podem im- pactar negativamente os negócios. Isso porque a principal matéria-pri- ma, o gado bovino, é dependente de recursos como água, energia elétrica (condicionada, no caso do Brasil, ao regime de chuvas) e ração animal (ligada à agricultura). Além disso, legislações e regulamentações estão sendo criadas em consequência de mudanças climáticas, cujo atendi- mento também pode impactar os negócios. Entre os riscos relacionados à mudança do clima e do meio ambiente estão, por exemplo, as mudan- ças físicas no ambiente, queimadas e secas geradas por esse cenário que podem tornar o processo de criação de gado mais caro, o que diminui sua oferta e aumenta os custos para suplementação dos animais.
Nesse sentido, a Companhia procura mitigar riscos relacionados a mu- danças climáticas por meio do monitoramento do consumo de recursos em suas operações diretas (industrial, logística e de transporte) e pelo estabelecimento de ações internas, como a elaboração do inventário de emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE). Em 2017 foi publicado o le- vantamento sobre os GEE, considerando os anos de 2015 e 2016.
Para reduzir impactos e gerar oportunidades, a Companhia desenvol- ve estudos de eficiência energética, otimização de recursos hídricos e melhorias nos sistemas de refrigeração, sempre com foco em melhorias ambientais, otimização do uso de recursos, oportunidades de negócio e redução de custos. 201-2
Após o levantamento de aspectos e impactos inerentes às atividades, rea- lizado em 2015, o ano de 2017 foi dedicado aos monitoramentos ambien- tais para atendimento aos requisitos legais aplicáveis, com a implemen- tação de tecnologias e regularizações estruturais em algumas unidades, conforme necessidade, aumentando a eficiência de seus tratamentos de efluentes e resíduos sólidos. 304-2
Em relação à saúde e à segurança ocupacional, os investimentos também foram expressivos, com vistas à prevenção de acidentes e doenças ocupa-
 32





























































































   30   31   32   33   34