Voltar ao topo

Indicadores

‘;

Temos como preceito atuar com responsabilidade e transparência na divulgação de dados concretos sobre nossos compromissos, metas e práticas de gestão ligados a agenda de sustentabilidade. Disponibilizamos a Central de Indicadores para acompanhamento da nossa evolução ao longo dos anos e a seção de Perguntas Frequentes, onde foram elencadas as principais informações sobre os nossos pilares estratégicos.

Central de Indicadores


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /app/wordpress/wp-content/themes/minerva-sustentabilidade/template-parts/blocks/anchor_title.php on line 85

Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /app/wordpress/wp-content/themes/minerva-sustentabilidade/template-parts/blocks/anchor_title.php on line 96

A Central de Indicadores apresenta os dados de sustentabilidade que monitoramos em série histórica de três anos (2019, 2020 e 2021), divididos em nove macrotemas. Os indicadores foram levantados com base nas metodologias da Global Reporting Iniciative (GRI), Sustainability Accounting Boarding (SASB) e Task Force on Climate-related Financial Disclosures (TCFD) e correlacionados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas e Compromisso com a Sustentabilidade da Minerva Foods.

Metodologias de Reporte

 

                      

Download dos indicadores 2021

Faça o download da base completa de indicadores disponibilizados na central em formato de planilha excel.

 

Baixe o arquivo
Download em Excel

Perguntas Frequentes


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /app/wordpress/wp-content/themes/minerva-sustentabilidade/template-parts/blocks/anchor_title.php on line 85

Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /app/wordpress/wp-content/themes/minerva-sustentabilidade/template-parts/blocks/anchor_title.php on line 96

Nesta seção disponibilizamos informações frequentemente demandadas por nosso público de interesse em relação a nossa agenda de sustentabilidade.Caso não encontre a informação que busca, temos um canal para esclarecimento de dúvidas e indicação de sugestões através do e-mail: sustentabilidade@minervafoods.com.

A Minerva Foods, reconhecendo que a sustentabilidade dos seus negócios depende da manutenção dos ecossistemas que suportam a produção agropecuária, anunciou publicamente seu compromisso com a agenda em abril de 2021.

Mais informações podem ser acessadas na seção ‘Compromisso com a Sustentabilidade’.

O objetivo central do compromisso com a sustentabilidade é direcionar a transição da Minerva Foods para a economia de baixo carbono tornando-a uma empresa carbono neutro (emissões líquidas zero) até 2035, 15 anos antes do previsto no Acordo de Paris. Para isso, a Companhia irá trabalhar em três grandes eixos:

1 Escopos 1 e 2 de emissões de GEE – Eficiência Ambiental das operações:

1.1 Reduzir em 30% a intensidade de emissões de gases de efeito estufa nos escopos 1 e 2 até 2030; e

1.2 Manutenção da matriz energética carbono neutro (emissões líquidas zero no escopo 2 – meta já atingida em 2020).

Escopo 3 de emissões de GEE – Desmatamento ilegal zero em toda a cadeia de fornecimento (fazendas fornecedoras diretas e indiretas) para todos os países de operação da América do Sul até 2030:

2.1 100% do monitoramento geográfico de fazendas fornecedoras diretas no Paraguai até dezembro de 2021 (meta atingida em dezembro de 2021), Colômbia em 2023, Uruguai em 2025 e expansão para os demais países da América do Sul até 2030; e

2.2 Desenvolvimento de um programa de monitoramento de fazendas fornecedoras indiretas em todos os países de operação na América do Sul até 2030, incluindo:

2.2.1 Integração da ferramenta Visipec no sistema de monitoramento geográfico para a Amazônia até dezembro de 2021 (meta atingida quatro meses antes do planejado);

2.2.2 Disponibilização de aplicativo para verificação de fazendas fornecedoras indiretas no Brasil, em parceria com Niceplanet Geotecnologia, até dezembro de 2021 (meta atingida dois meses antes do planejado).

Escopo 3 de emissões de GEE – Programa Renove, baixa emissão de carbono na cadeia produtiva:

3.1 50% dos fornecedores de carne bovina participando do programa Renove até 2030; e

3.2 Estabelecer parceria com instituições de pesquisa para aplicação de metodologia para monitorar, relatar e verificar o balanço de carbono de fazendas fornecedoras nos países de operação da América do Sul, com resultados preliminares esperados em 2021 (meta atingida com a divulgação durante a Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas – COP26).

Mais informações podem ser acessadas na seção ‘Compromisso com a Sustentabilidade’.

A Minerva Foods está em constante evolução em sua agenda ESG e avalia incorporar objetivos e metas para as frentes social e governança corporativa nos próximos anos.

Nossas atuais iniciativas sobre ambas as frentes podem ser acessadas em nosso portal de sustentabilidade nas seções ‘Prosperidade da Nossa Gente’ e ‘Administração Sólida e Comprometida’ e no ‘Relatório de Sustentabilidade’.

A Minerva Foods está envolvida em parcerias e coalizões, nacionais e internacionais, com o objetivo de abordar temas socioambientais e impulsionar a sustentabilidade em toda a cadeia de valor da pecuária.

  • Brasil: a Companhia é signatária do ‘Compromisso Público da Pecuária’, Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público Federal do Pará e Protocolo de Monitoramento de Fornecedores de Gado da Amazônia (em parceria com o Ministério Público Federal e Imaflora), além de participar do Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS) e Grupo de Trabalho dos Fornecedores Indiretos (GTFI). A Minerva Foods também é signatária do Pacto Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo, no qual possui planos de ação baseados nos dez compromissos da InPacto, entre as ações há, por exemplo, campanhas orientativas com parceiros de negócios sobre o tema;
  • Colômbia: a Companhia participa da Mesa da Pecuária Sustentável da Colômbia (Mesa de Ganadería Sostenible de Colombia);
  • Paraguai: a Companhia participa da Mesa Paraguaia de Carne Sustentável (Mesa Paraguaya de Carne Sostenible – MPCS);
  • Global: a Companhia participa da Mesa Global de Carne Sustentável (Global Roundtable for Sustainable Beef – GRSB), Mesa do Couro Responsável (Responsible Leather Roundtable – RLRT) e Aliança de Investidores para Mercados Emergentes (Emerging Markets Investors Alliance – EMIA).

A Minerva Foods também conta com as iniciativas próprias ‘Falando de Pecuária’ e ‘Laço de Confiança’ com o objetivo de promover a trocar de informações com fornecedores por meio de palestras, encontros e comunicações enviadas com os mais diversos conteúdos, incluindo boas práticas socioambientais. Além destas iniciativas, a Minerva Foods também lançou em 2021 o programa Renove para apoio à pecuária de baixo carbono.

Mais informações podem ser acessadas nas seções ‘Dedicação ao Planeta’, ‘Prosperidade da Nossa Gente’, ‘Qualidade do Produto e Respeito com a Vida’ e ‘Programa Renove’.

Os critérios socioambientais estão relacionados à regularidade fundiária, social e ambiental e todos os fornecedores da Minerva Foods passam por essa verificação. A definição da política que define os critérios socioambientais é construída de acordo com a legislação local de cada país onde a Companhia opera e a disposição dos dados para o monitoramento.
Brasil:

  • Regularidade fundiária: conformidade mediante apresentação de documentos de posse e o SICAR (Cadastro Ambiental Rural);
  • Regularidade social: conformidade mediante consulta na ‘Lista Suja do Trabalho Escravo’ do Ministério do Trabalho sobre condenações por trabalho escravo e mediante monitoramento geoespacial, em parceria com a Niceplanet Geotecnologia, no qual é feita a sobreposição do mapa de fornecedores diretos com terras indígenas e comunidades quilombolas; e
  • Regularidade ambiental: conformidade mediante consulta na lista de embargo do IBAMA além do monitoramento geoespacial, em parceria com a Niceplanet Geotecnologia, no qual é feita a sobreposição do mapa de fornecedores diretos com polígonos de desmatamento e áreas de proteção ambiental.
  • Paraguai:
  • Regularidade social: conformidade mediante monitoramento geoespacial, em parceria com a Niceplanet Geotecnologia, no qual é feita a sobreposição do mapa de fornecedores diretos com terras indígenas; e
  • Regularidade ambiental: conformidade mediante monitoramento geoespacial, em parceria com a Niceplanet Geotecnologia, no qual é feita a sobreposição do mapa de fornecedores diretos com áreas de desmatamento ilegal e áreas públicas protegidas.

Na Colômbia, em 2021, a Minerva Foods  iniciou o diagnóstico geográfico e o estudo das legislações do país, com o objetivo de avaliar a metodologia que será utilizada no monitoramento e quais os critérios que irão compor a política de compra de gado local. Demais países seguirão cronograma estabelecido no Compromisso com a Sustentabilidade.

Mais informações podem ser acessadas nas seções ‘Compromisso com a Sustentabilidade’, ‘Dedicação ao Planeta’ e ‘Prosperidade da Nossa Gente’.

De acordo com os critérios socioambientais estabelecidos pela Minerva Foods, são monitorados 100% dos fornecedores diretos de gado em todo o território brasileiro e paraguaio com expansão para demais países conforme Compromisso com a Sustentabilidade divulgado em 2021.

Além da consulta e verificação documental, através da plataforma de monitoramento geoespacial SMGeo, desenvolvida pela Niceplanet Geotecnologia, é feita a sobreposição do mapa de fornecedores diretos com informações disponíveis de acordo com os critérios socioambientais estabelecidos em cada país de operação (critérios estabelecidos conforme a legislação local e a disponibilidade de dados para o monitoramento).

No Brasil, foi desenvolvida uma API (Aplication Programming Interface) de integração dos sistemas internos da Minerva Foods com o SMGeo, de forma que todas as comercializações de gado passam pelo monitoramento socioambiental e caso verificado algum passivo ou irregularidade, a comercialização não é realizada e o fornecedor é inserido no sistema de bloqueio da Companhia até sua regularização. Assim, o próprio sistema impede a tentativa de iniciar a negociação internamente. No Paraguai também é utilizado a mesma plataforma de monitoramento, SMGeo. A plataforma conta com uma divisão do processo de análise cartográfica e socioambiental que fica sob a responsabilidade de um técnico ambiental, o qual realiza uma análise assistida dos dados geográfico.

Mais informações podem ser acessadas nas seções ‘Compromisso com a Sustentabilidade’, ‘Dedicação ao Planeta’ e ‘Prosperidade da Nossa Gente’.

Tolerância zero para não-conformidades com critérios socioambientais da Minerva Foods. Se um fornecedor apresentar uma não-conformidade com qualquer critério socioambiental que foi estabelecido para cada país, este será automaticamente bloqueado para qualquer operação de compra.

Mais informações podem ser acessadas nas seções ‘Dedicação ao Planeta’ e ‘Prosperidade da Nossa Gente’.

A partir dos compromissos públicos assumidos e critérios socioambientais estabelecidos para cada país em que opera, a Minerva Foods realiza anualmente auditorias para a verificação do cumprimento e efetividade de seus sistemas de monitoramento por entidades independentes.

No Brasil, a Minerva Foods teve os melhores resultados na auditoria supervisionada pelo Ministério Público Federal do Pará (MPF-PA) entre os principais players em 2018, 2019 e em 2020. A auditoria do Ministério Público é a única auditoria oficial verificável por terceiros no Brasil sob supervisão das autoridades legais, todos os resultados são confiáveis e divulgados publicamente pelo MPF.

No Paraguai, pelo segundo ano consecutivo, foi realizada auditoria sobre a cadeia de fornecimento local pela BDO RCS Auditores Independentes. Nesse processo a Companhia obteve conformidade em todos os critérios socioambientais e procedimentos estabelecidos.

Todos os relatórios das auditorias realizadas estão disponíveis publicamente na seção ‘Dedicação ao Planeta’ e o resultado da última auditoria do Ministério Público pode ser acessada em.

A Minerva Foods é uma empresa voltada para a exportação, com uma composição de 68% da receita bruta relacionada ao mercado de exportação em 2021 e 73% das compras realizadas fora da região amazônica no Brasil. A Companhia é reconhecida internacionalmente por fornecer carne bovina premium e de qualidade para mais de 100 países que exigem os mais altos padrões de rastreabilidade, segurança alimentar, bem-estar animal e total conformidade ambiental e trabalhista com base em seus próprios critérios de importação obrigatórios.

Para atender aos mais rigorosos requisitos de exportação de países como União Europeia, Estados Unidos, China e outros, é indispensável que os fornecedores de gado invistam em genética e criação, bem-estar e manejo animal, manejo de pastagens e solo e em conformidade legal relacionadas à questões ambientais e trabalhistas. Os pecuaristas que conseguem atender a esses padrões possuem operações mais lucrativas.

Pecuaristas profissionais, que fizeram investimentos para se tornarem fornecedores para os mercados de exportação, não veem os incêndios florestais, o desmatamento ilegal ou o descumprimento da lei como benéficos, mas prejudiciais para seus meios de subsistência e o futuro de seus negócios. Esses são os pecuaristas que compõem a lista de fornecedores da Minerva Foods.

Os esforços da Minerva Foods, em colaboração com organizações da sociedade civil, instituições acadêmicas e iniciativa privada se baseiam em ações concretas que são aplicáveis hoje, estabelecendo a Minerva Foods como líder no combate ao desmatamento ilegal em fornecedores indiretos de gado na região amazônica brasileira.

Em parceria com Amigos da Terra, National Wildlife Federation e Universidade de Wisconsin-Madison, nos Estados Unidos, a Companhia divulgou publicamente os resultados do monitoramento de fazendas de abastecimento indireto realizado em ensaios com a ferramenta Visipec em instalações industriais localizadas nos Estados de Mato Grosso e Rondônia e para as operações de exportação de gado vivo no Estado do Pará. Além do Visipec, com o entendimento de que os esforços para fortalecer a rastreabilidade na cadeia devem ser coletivos, a Minerva Foods lançou o primeiro aplicativo mobile voltado para produtores rurais que permite o acompanhamento de seus fornecedores. O SMGeo Prospec foi desenvolvido em conjunto com a Niceplanet Geotecnologia, possibilitando análises socioambientais para toda a cadeia produtiva do agronegócio.

Os maiores desafios estão relacionados à falta de acesso ou mesmo a inexistência de dados oficiais para a verificação de outros níveis da cadeia de suprimentos.

Mais informações podem ser acessadas na seção ‘Compromisso com a Sustentabilidade’ e ‘Dedicação ao Planeta’ e nas páginas https://www.visipec.com, https://gtfi.org.br/en/ e na página da Minerva Foods no Youtube.

Visipec é uma ferramenta de rastreabilidade desenvolvida pela National Wildlife Federation NWF em parceria com o Gibbs Land-Use and Environment Lab da Universidade de Wisconsin-Madison (“UW”) e atualmente gerenciada pela National Wildlife Federation NWF, que funciona de forma complementar aos sistemas de monitoramento utilizados pela Minerva Foods. A ferramenta fornece à Companhia a capacidade de incluir suas propriedades de fornecimento indireto de gado em seus sistemas de gerenciamento da cadeia de fornecimento existentes, ajudando a reduzir os níveis de incerteza em relação ao fornecimento e exposição potencial de risco relacionado ao desmatamento e outros critérios sociais e ambientais.

Os fornecedores indiretos de gado foram avaliados de acordo com os critérios de melhores práticas estabelecidos pelo Grupo de Trabalho para Fornecedores Indiretos (GTFI), iniciativa multissetorial da qual a Minerva Foods é participante.

Os resultados são motivadores e reforçam o pioneirismo da Minerva Foods em Sustentabilidade. Mais de 99% das fazendas fornecedoras diretas de gado analisadas estão em conformidade com as melhores práticas estabelecidas pelo GTFI e, portanto, em conformidade com o monitoramento do desmatamento ilegal para as fazendas fornecedoras indiretas de gado de nível 1 da Minerva Foods. Foram verificados 7.725 fornecedores indiretos de gado, resultando em uma relação de 1,6 fornecedores indiretos para cada fornecedor direto.

A Minerva Foods tornou-se a primeira empresa do setor a integrar a ferramenta em seu sistema de monitoramento, graças aos seus testes inovadores com o Visipec. A Companhia atingiu a meta de integração do sistema de monitoramento de fornecedores indiretos de gado quatro meses antes do previsto, a partir da data prevista inicial de dezembro de 2021. A ferramenta está apta e válida para uso em todos os estados da Amazônia brasileira, que representou cerca de 34% das compras da Minerva Foods em 2020 e 27% em 2021.

Mais informações podem ser acessadas na seção ‘Compromisso com a Sustentabilidade’ e ‘Dedicação ao Planeta’ e nas páginas https://www.visipec.com, https://gtfi.org.br/en/.

Com o entendimento de que os esforços para fortalecer a rastreabilidade na cadeia devem ser coletivos, a Minerva Foods lançou o primeiro aplicativo mobile voltado para produtores rurais que permite o acompanhamento de seus fornecedores. O SMGeo Prospec foi desenvolvido em conjunto com a Niceplanet Geotecnologia, possibilitando análises socioambientais para toda a cadeia produtiva do agronegócio.

O aplicativo foi uma forma da Minerva Foods apoiar seus produtores rurais parceiros dando acesso à mesma tecnologia que utiliza em sua análise de fornecedores, sistemas de monitoramento e mapeamento de risco para todas as compras de gado. A mesma tecnologia que permitiu à Companhia obter os melhores resultados em rastreabilidade entre os principais players do setor. O banco de dados fornece informações sobre a conformidade dos proprietários por meio do cruzamento da ‘Lista Suja do Trabalho Escravo’ e das listas de embargos ambientais. Ele também tem a capacidade de exibir mapas e imagens de satélite para visualizar a conformidade da propriedade em relação a sobreposições de áreas embargadas, desmatamento, terras indígenas, unidades de conservação e invasões em territórios de comunidades tradicionais.

Ao disponibilizar o SMGeo Prospec para a cadeia produtiva, a Minerva Foods tem incentivado o monitoramento dos fornecedores de seus fornecedores (fazendas de fornecedores indiretos), reduzindo assim os riscos relacionados a animais provenientes de áreas que não atendem às normas e leis socioambientais.

Mais informações podem ser acessadas na seção ‘Compromisso com a Sustentabilidade’ e ‘Dedicação ao Planeta’ e na página da Minerva Foods no Youtube.

DESMATAMENTO:

Para este conceito, a Minerva Foods, segue as definições do Accountability Framework, sendo o desmatamento, a remoção completa da cobertura de florestas nativas ou plantadas, de acordo com as características de cada região.

CONVERSÃO:

A conversão das características do solo não representa necessariamente um desmatamento. Para esta definição, a Minerva Foods também segue as definições do Accountability Framework, onde a conversão é a mudança do ecossistema natural para outro uso do solo, como por exemplo, a destinação de áreas com pastagens naturais para o pastoreio de gado ou a plantação agrícola.

BIOMA:

A Minerva Foods segue a definição de bioma do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), onde “bioma é um conjunto de vida vegetal e animal, constituído pelo agrupamento de tipos de vegetação que são próximos e que podem ser identificados em nível regional, com condições de geologia e clima semelhantes e que, historicamente, sofreram os mesmos processos de formação da paisagem, resultando em uma diversidade de flora e fauna própria”. Dessa forma, cada bioma pode possuir parâmetros e características específicas que definem suas Florestas.

A sustentabilidade é um dos cinco valores da Minerva Foods, presente em todas as operações e estruturas de governança. Em 2021, a Companhia divulgou seu compromisso com a sustentabilidade com foco no combate às mudanças climáticas e no desmatamento ilegal, reconhecendo que a sustentabilidade do negócio depende da manutenção dos ecossistemas que viabilizam a produção agropecuária.

A Minerva Foods está empenhada em seu processo de transição para a economia de baixo carbono, investindo em tecnologias que mitigam emissões de gases de efeito estufa na cadeia de valor da pecuária para atingir a neutralidade de emissões em 2035.

Mais informações podem ser acessadas na seção ‘Compromisso com a Sustentabilidade’.

A Minerva Foods, por meio da área de sustentabilidade corporativa, utiliza um software para coleta de dados operacionais e cálculo das emissões de GEE. Esse trabalho é realizado mensalmente e cobre as operações no Brasil, Argentina, Chile (distribuição), Colômbia, Paraguai e Uruguai. Os resultados são consolidados nos Inventários Corporativos de Emissões de GEE divulgados anualmente. Pelo segundo ano consecutivo, os resultados foram auditados pela KPMG.

Buscando uma relação cada vez mais transparente com seus stakeholders, a Companhia divulga os resultados das aferições de suas emissões de GEE no Relatório de Sustentabilidade e na seção ‘Central de Indicadores’ além de as incluir no Registro Público de Emissões do Programa Brasileiro GHG Protocol (desde 2015). Em 2021, a Minerva Foods recebeu pela primeira vez o “Selo Ouro” do programa no Inventário de ano-base 2020.

A evolução das metas de redução de emissões de GEE da Companhia podem ser acompanhadas na seção ‘Compromisso com a Sustentabilidade’.

Mais informações podem ser acessadas no Relatório de Sustentabilidade, seção ‘Indicadores’, e na página da Minerva Foods no Registro Público de Emissões do Programa Brasileiro GHG Protocol .

A Minerva Foods tem aprimorado a cada ano a contabilização de suas emissões diretas e indiretas (da cadeia de valor) de GEE. Em 2021, pela primeira vez, a Companhia incluiu em seu Inventário Corporativo de Emissões de GEE (ano-base 2020) emissões de escopo 3. As emissões de escopo 3 foram mensuradas para as operações Brasil e foram inclusas as categorias ‘4 – Transporte e distribuição – upstream’ (parcial), ‘6 – Viagens a negócios’ e ‘7 – Deslocamento de funcionários casa-trabalho’.

No Inventário Corporativo de Emissões de GEE (ano-base 2021), a Companhia ampliou a contabilização de fontes de emissão de escopo 3 para outros países (Argentina, Chile, Colômbia, Paraguai e Uruguai) e incluiu novas fontes de emissões e categorias: ‘1 – Bens e serviços comprados’ (gado adquirido), ‘4 – Transporte e distribuição – upstream’ e ‘5 – Resíduos gerados nas operações’.

Mais informações podem ser acessadas no Relatório de Sustentabilidade, na seção ‘Central de Indicadores’ e no Registro Público de Emissões do Programa Brasileiro GHG Protocol.

Em 2021, a Minerva Foods divulgou seu compromisso com a sustentabilidade com foco no combate às mudanças climáticas e no desmatamento ilegal. A Companhia assumiu publicamente que tem como metas a redução de 30% na intensidade das emissões de GEE (ano-base 2020) até 2030 para escopos 1 (emissões diretas das operações) e 2 (emissões indiretas relacionadas à aquisição de energia) e atingir a neutralidade de carbono até 2035, 15 anos antes do previsto no Acordo de Paris.

A Minerva Foods, em 2021, tornou-se a primeira empresa brasileira a receber o Selo ‘Energias Renováveis’, emitido pelo Instituto Totum, em parceria com a Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica) e a Associação Brasileira de Energia Limpa (Abragel). A Companhia adquiriu Certificados de Energia Renovável (I-REC) para rastrear a energia elétrica consumida pelas operações em 2020 e 2021, a iniciativa permitiu neutralizar as emissões de GEE do escopo 2 em linha com o compromisso com a sustentabilidade.

A Companhia também desenvolveu ao longo de 2021 um estudo junto à consultoria especializada para identificar e priorizar projetos para mitigação das emissões de GEE para os escopos 1 e 2. Em 2022, esse trabalho continua, agora com foco nas emissões de escopo 3 (emissões indiretas não relacionadas à aquisição de energia).

Outro destaque é a criação do programa Renove que atuará no engajamento e colaboração com pecuaristas na implementação de práticas de baixo emissão de carbono nas fazendas fornecedoras de gado. A Companhia tem como meta a inclusão de 50% da cadeia de fornecimento no programa até 2030.

A evolução das metas de redução de emissões de GEE da Companhia podem ser acompanhadas na seção ‘Compromisso com a Sustentabilidade’. Mais informações podem ser acessadas no Relatório de Sustentabilidade, nas seções ‘Dedicação ao Planeta’, ‘Programa Renove’ e ‘Central de Indicadores’ e no Registro Público de Emissões do Programa Brasileiro GHG Protocol.

O ano de 2021 marcou o lançamento do Programa Renove, de engajamento e atuação colaborativa com os pecuaristas fornecedores da Minerva Foods na implementação da pecuária de baixa emissão de carbono. No seu primeiro ano o Programa desenvolveu três projetos com parceiros de referência na América do Sul.

O primeiro projeto, com a Embrapa, calculou o balanço de carbono de 22 fazendas no Brasil (período de junho de 2020 a julho 2021). O estudo abrangeu 71,400 hectares e mais de 250 mil cabeças de gado. As 22 fazendas participantes forneceram 12% do volume de gado comprado no Brasil em 2021. Os resultados iniciais apontam que 21 fazendas emitem menos que a média nacional para a atividade pecuária e 10 das fazendas analisadas sequestraram mais carbono do que emitiram a partir das boas práticas, sendo carbono negativas.

O segundo projeto, realizado em parceria com o Imaflora, calculou o balanço de carbono e intensidade de emissões em 5 fazendas de cada país de atuação, Argentina, Brasil, Colômbia, Paraguai e Uruguai, totalizando 25 fazendas, 490 mil hectares e 232 mil cabeças de gado. A estimativa da intensidade de emissões na produção bovina global, encontrada a partir da análise de mais de 30 artigos científicos, foi de 19,9 toneladas de CO2e por tonelada de carne produzida. As 25 fazendas fornecedoras da Minerva Foods se posicionam entre 11% e 69% abaixo da média mundial de emissões, com a média de 44% abaixo. Ao avaliar o balanço de carbono do sistema produtivo de cada uma delas, que inclui as emissões e as remoções que ocorrem na propriedade, há três fazendas que são carbono negativo. Os resultados foram apresentados na Conferência Mundial do Clima (COP26) da ONU. Todos os dados estão publicados em https://carbonontrack.imaflora.org/

No terceiro projeto, conduzido em parceria com Santos Lab e Biofílica Ambipar Environment, foram utilizadas tecnologias de sensoriamento remoto para analisar a presença de ativos ambientais em 382 fazendas no Brasil e Paraguai. Dessas, 60 fornecedores foram convidados ao projeto piloto, sendo 10 fazendas no Chaco Paraguaio e 50 fazendas no Brasil. O projeto visa a conexão dessas fazendas com o mercado voluntario de carbono, finanças verdes e capacitação, com a intenção de criar incentivos para a expansão das práticas de baixa emissão de carbono na pecuária.

O Programa Renove visa a expansão destas atividades durante 2022, com constante aprimoramento metodológico para manter robustez e credibilidade científica, assim contribuindo para o reconhecimento da sustentabilidade da pecuária Sul Americana.

Mais informações podem ser acessadas na seção ‘Programa Renove’.

Criada em 2021, a MyCarbon é uma subsidiária da Minerva Foods e tem como objetivo apoiar as empresas no cumprimento de suas metas de neutralização das emissões de gases de efeito estufa por meio da compensação de carbono, de forma transparente, confiável e sustentável. A empresa desenvolve projetos, origina e comercializa créditos de carbono, em linha com os padrões internacionais, criando oportunidades financeiras para a preservação da natureza, acelerando a ação de combate as mudanças do clima e promovendo um futuro de baixa emissões de carbono.

A MyCarbon é parte dos esforços que a Minerva Foods tem realizado para implementar iniciativas que promovam uma pecuária mais sustentável e de baixo carbono, apoiando produtores rurais em toda a América do Sul na adoção de sistemas produtivos tecnificados que contribuem para redução das emissões na cadeia de valor. Em 2021 a MyCarbon realizou o seu primeiro contrato para a redução certificada de emissões.

Ao todo, foram comercializadas 50 mil toneladas de unidades de carbono equivalente (Verified Carbon Units). Cada unidade de carbono corresponde a uma tonelada de CO₂ que deixou de ser emitida na atmosfera, o que torna a negociação uma forma efetiva de reduzir as emissões de gases de efeito estufa no planeta.

Mais informações podem ser acessadas na página da ‘MyCarbon’.

Na Minerva Foods rentabilidade e sustentabilidade tem reconhecida interdependência. A Companhia está comprometida com o combate às mudanças climáticas e ao desmatamento ilegal, guiada pela ciência e em parceria com instituições de pesquisa de referência na América do Sul.

A Minerva Foods desenvolveu ao longo de 2021 um estudo junto à consultoria especializada para identificar e priorizar projetos para mitigação das emissões de GEE para os escopos 1 (emissões diretas das operações) e 2 (emissões indiretas relacionadas à aquisição de energia). Em 2022, esse trabalho continua, agora com foco nas emissões de escopo 3 (emissões indiretas não relacionadas à aquisição de energia). Ambos os projetos levam em considerações cenários de descarbonização conforme metodologia da SBTi.

Junto ao programa Renove, a Companhia busca fortalecer parcerias com instituições de pesquisa, como Embrapa no Brasil, CIAT na Colômbia e INIA no Uruguai, além do Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola – Imaflora, para garantir o uso de metodologias robustas e verificadas internacionalmente na mitigação de emissões de GEE em fazendas fornecedoras de gado.

A Minerva Foods tem acompanhado iniciativas internacionais sobre o tema de mudanças climáticas para avaliar a submissão de suas metas à análise de terceiros.

Mais informações podem ser acessadas nas seções ‘Compromisso com a Sustentabilidade’ e ‘Programa Renove’.

A Minerva Foods planeja realizar estudos mais aprofundados de riscos e oportunidades nos próximos anos seguindo as recomendações da Task Force on Climate Related Financial Disclosures (TCFD).

Para a gestão dos riscos físicos ligados às mudanças climáticas, a Minerva Foods já investe na diversificação geográfica de suas unidades operacionais para aproveitar a abundância de pastagens e reduzir a dependência de commodities agrícolas na dieta alimentar do rebanho, implementar a arbitragem de basis e diminuir a presença de operações em áreas de estresse hídrico. Esta estratégia da Companhia visa mitigar grandes variações no custo de aquisição da matéria prima, sinistros que comprometam a capacidade de produção e distribuição de diferentes unidades operacionais, podendo rapidamente realocar pedidos, além de mitigar riscos sanitários que poderiam fechar mercados temporariamente.

A Companhia também investe na diversificação de negócios que tenham sinergia com sua atividade principal. Nos últimos anos a Minerva Foods investiu em empresas como a The EVERY Company (primeiro aporte de venture capital da Minerva Foods, empresa de biotecnologia que desenvolve alimentos proteicos isentos de ingredientes de origem animal), Amyris (joint venture com a empresa de biotecnologia, com foco em amadurecer a técnica da fermentação por meio de leveduras geneticamente modificadas, que irão contribuir com a redução das emissões de carbono por meio do desenvolvimento de matéria-prima, como embalagens mais sustentáveis e conservantes naturais à base de fermentação, ampliando assim a eficiência logística da cadeia global de carnes), Shopper (startup de entrega de produtos de supermercado), Traive (empresa especialista em inteligência artificial e análise de dados, com soluções financeiras para produtores rurais e operações nos Estados Unidos e no Brasil) e criou a subsidiária MyCarbon (focada na atividade de comercialização de créditos de carbono e
produtos e serviços ligados a transição para uma economia de baixo carbono).

Mais informações podem ser acessadas no Relatório de Sustentabilidade e na seção ‘Central de Indicadores’.

A Minerva Foods se conecta à agenda nacional e internacional de sustentabilidade por meio de compromissos públicos e da adesão a iniciativas relevantes para seu segmento de negócio.

A Companhia é signatária do Pacto Global da ONU e participa da plataforma de ação pelo Clima da rede Brasil, integra o Programa Brasileiro GHG Protocol e está presente na lista de empresas respondentes do Carbon Disclosure Project (CDP).

Em relação ao combate ao desmatamento na América do Sul, tema diretamente ligado à agenda climática, a Minerva Foods é signatária do ‘Compromisso Público da Pecuária’, Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público Federal do Pará, além de participar da Mesa Global de Carne Sustentável (Global Roundtable for Sustainable Beef – GRSB), Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS), Mesa Paraguaia de Carne Sustentável (Mesa Paraguaya de Carne Sostenible – MPCS), Mesa da Pecuária Sustentável da Colômbia (Mesa de Ganadería Sostenible de Colombia) e Mesa do Couro Responsável (Responsible Leather Roundtable – RLRT). Outras iniciativas em que a Companhia participa são a Aliança de Investidores para Mercados Emergentes (Emerging Markets Investors Alliance – EMIA), Grupo de Trabalho dos Fornecedores Indiretos (GTFI) e Protocolo de Monitoramento de Fornecedores de Gado da Amazônia (em parceria com o Ministério Público Federal e Imaflora).

Além disso, pelo segundo ano consecutivo, a Minerva Foods integra o Índice Carbono Eficiente (ICO2) e o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), ambos da B3, sendo a única Companhia do setor de carne bovina a integrar o segundo na carteira 2022. A Companhia é parte da carteira 2022/2023 do Índice CDP Brasil de Resiliência Climática (ICDPR70). A Companhia também foi avaliada pelo Ranking Forest 500 como uma das empresas do setor de proteínas que apresenta os menores riscos de vínculo com o desmatamento ou de potencial exposição a cadeias de fornecimento de commodities de risco florestal. Em 2022, a Minerva Foods se posiciona entre as 5 melhores empresas brasileiras em políticas de sustentabilidade, segundo o ranking.

Mais informações podem ser acessadas no Relatório de Sustentabilidade, na seção ‘Dedicação ao Planeta’, na plataforma de ação pelo Clima da rede Brasil do Pacto Global da ONU, no Registro Público de Emissões do Programa Brasileiro GHG Protocol, nos questionários do CDP e nas páginas dos índices ICO2 e ISE da B3 e do ICDPR70.

A gestão ambiental na Minerva Foods contempla diversas atividades com foco na prevenção e mitigação de impactos ambientais e a melhoria contínua. A gestão contempla as etapas do licenciamento ambiental e solicitação de outorgas, investimentos ambientais e a implantação dos Planos de Gestão Ambientais (PGA), bem como, dos Planos de Gestão dos Resíduos Sólidos (PGRS).

Os temas ambientais são gerenciados a partir das diretrizes da Política de Saúde e Segurança Ocupacional, Meio Ambiente, Segurança de Alimentos e Responsabilidade Social, que contempla a atuação do negócio em diferentes países, buscando a padronização dos procedimentos internos em todas as unidades.

Mais informações podem ser acessadas na seção ‘Dedicação ao Planeta’.

Sim, a Minerva Foods acompanha mensalmente diversos indicadores ambientais, entre eles: consumo de água, consumo de energia elétrica, consumo de combustíveis, geração de vapor, geração de efluentes, volume de resíduos gerados e destinados, dentre outros.

Anualmente a Companhia divulga estes indicadores em seu Relatório de Sustentabilidade e são utilizados para definição das estratégias e investimentos necessários para a otimização do uso dos recursos naturais nas operações.

Os indicadores estão disponíveis na seção ‘Indicadores’. Mais informações podem ser acessadas no Relatório de Sustentabilidade.

A Minerva Foods estabelece metas relacionadas ao consumo de água e energia elétrica buscando otimizar suas operações e torna-las cada vez mais eficientes. Cada unidade de negócio estabelece uma meta no início de cada ano conforme planejamento da produção.

A métrica utilizada para medição do consumo de água é m³/TPA (Tonelada de Produto Acabado).

A métrica utilizada para medição do consumo de energia elétrica é Kwh/TPA.

Os indicadores estão disponíveis na seção ‘Indicadores’. Mais informações podem ser acessadas no Relatório de Sustentabilidade.

Todas as unidades de negócio da Minerva Foods estão sujeitas à normas e regulamentações dos órgãos fiscalizadores, sejam eles municipais, estaduais ou federais, e o seu cumprimento já contribui para a minimização dos riscos inerentes às operações.

Por fim, anualmente são revisadas nas operações estudos de aspectos e impactos ambientais que apoiam a gestão no tratamento de riscos significativos.

Mais informações podem ser acessadas na seção ‘Dedicação ao Planeta’.

Sim, a Minerva Foods trata o efluente gerado em suas operações por meio de Estações de Tratamento de Efluentes (ETE) próprias. As ETEs são compostas por tratamento primário (responsável pela remoção de resíduos sólidos por meio da suspensão), secundário (responsável pela intensificação do processo natural de biodegradação da carga orgânica, ou seja, trata-se de um sistema centrado na oxidação biológica de uma porção de matéria orgânica) e, para algumas localidades, terciário (responsável pelo controle de parâmetros específicos, que não são removidos pelos métodos biológicos convencionais por meio de técnicas físico-químicas ou biológicas).

Todo o tratamento é monitorado por meio de análises do efluente bruto e tratado por laboratórios acreditados por normas internacionais de qualidade para garantir o atendimento às legislações de cada país e a não contaminação dos corpos receptores e/ou solo quando aplicável.

A Companhia tem investido também em sistemas de fertirrigação para disposição de efluentes. Nesses sistemas, o efluente tratado é enviado através de dutos e escoado em pastagens de propriedades fornecedoras localizadas na circunvizinhança das unidades industriais. Dentre os diversos benefícios ambientais desse processo, destacam-se a preservação de corpos d’água e a diminuição da quantidade de produtos fertilizantes utilizados nas pastagens que são emissores de Gases de Efeito Estufa.

Mais informações podem ser acessadas na seção ‘Dedicação ao Planeta’.

Sim, a Minerva Foods controla em todas as unidades de negócio aplicáveis suas emissões atmosféricas. Toda emissão é monitorada por laboratórios acreditados por normas internacionais de qualidade para garantir o atendimento às legislações de cada país.

Mais informações podem ser acessadas na seção ‘Dedicação ao Planeta’.

Sim. Nesse sentido, a Minerva Foods recebeu em 2021 o selo “eureciclo”, que atesta as práticas de promoção da logística reversa das embalagens de produtos da Companhia. A Minerva Foods é a primeira empresa do setor de carnes a receber a certificação para todas as linhas comercializadas no Brasil, atestando o comprometimento da Companhia com a compensação dos impactos ambientais. Mais do que um selo, a plataforma conecta cooperativas e operadoras de coleta e reciclagem às empresas gerando mais recursos para os agentes de reciclagem, promovendo a logística reversa de embalagens pós-consumo e reduzindo os impactos ambientais desses resíduos no meio ambiente. Anualmente, a Minerva Foods destina cerca de 1.500 toneladas de embalagens pós-consumo, volume que representa 22% do total de embalagens colocadas no mercado brasileiro, em linha com as metas da Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Nas unidades operacionais do Paraguai os resíduos plásticos e de papelões são doados a uma ONG que apoia pessoas com baixa renda por meio da venda dos resíduos.

Desde 2018, a unidade de Ciénaga de Oro, na Colômbia, passou a realizar o “Plan de Envases y Empaques”, juntamente com a Corporação Punto Azul, vinculado com o cumprimento da Resolução 1407/2018, e todos os materiais de embalagens primárias e secundárias são separados e são enviados à Cooperativas recicladoras.

Além das iniciativas de reciclagem, a Minerva Foods busca reduzir o consumo de materiais e segrega, armazena, trata e descarta seus resíduos de forma ambientalmente adequada, cumprindo com a legislação ambiental aplicável em cada localidade e seguindo os Planos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS) das unidades operacionais.

Na Companhia, os subprodutos do processo industrial são transformados em negócio, interligando sustentabilidade e rentabilidade através das divisões Minerva Leather, Minerva Biodiesel, Minerva Ingredients e Minerva Casings. Em algumas localidades, também é realizada a compostagem do rumem proveniente do processo, diminuindo o montante de resíduos não perigosos enviados para aterro e contribuindo para o fortalecimento de uma economia circular.

Mais informações podem ser acessadas na seção ‘Dedicação ao Planeta’.

Todas as unidades de operação da Minerva Foods possuem certificação BRCGS, reconhecida pela Global Food Safety Initiative (GFSI). Com isso, atesta-se o cumprimento de padrões e critérios internacionais em todos os processos produtivos.

Mais informações podem ser acessadas no Relatório de Sustentabilidade e na seção ‘Qualidade do Produto e Respeito com a Vida’.

Sim, todas as unidades de operação ativas da Minerva Foods possuem certificado para produção de produtos Halal.

Mais informações podem ser acessadas no Relatório de Sustentabilidade e na seção ‘Qualidade do Produto e Respeito com a Vida’.

São realizadas análises microbiológicas e físico-químicas nos produtos, superfícies, ar e embalagens, além da verificação da composição dos alimentos no que diz respeito a proteínas, gorduras, umidade, entre outros. A Minerva Foods atua com laboratórios certificados pela ISO 17.025 e também com laboratórios terceiros que possuem o mesmo nível de acreditação.

Mais informações podem ser acessadas no Relatório de Sustentabilidade e na seção ‘Qualidade do Produto e Respeito com a Vida’.

Sim, a Minerva Foods controla diariamente os resultados dos indicadores de qualidade estabelecidos, com foco na melhoria contínua. São realizados fechamentos semanais, mensais e anuais para acompanhamento da performance individual de cada unidade produtiva, com a finalidade de garantir a qualidade total e a segurança dos alimentos produzidos.

Mais informações podem ser acessadas no Relatório de Sustentabilidade e na seção ‘Qualidade do Produto e Respeito com a Vida’.

Sim. A agenda de sustentabilidade da Minerva Foods foi estruturada em três grandes pilares: ‘Dedicação ao Planeta’, ‘Prosperidade da Nossa Gente’ e ‘Qualidade do Produto e Respeito com a Vida’.

Específico ao pilar ‘Qualidade do Produto e Respeito com a Vida’, há o objetivo de garantir a qualidade e segurança dos alimentos e as melhores práticas de bem-estar animal, aderentes à inovação e certificação em cada etapa da cadeia de valor.

Mais informações podem ser acessadas na seção ‘Qualidade do Produto e Respeito com a Vida’.

Sim. Para a Minerva Foods, o bem-estar animal é um princípio ético que se aplica a toda a sua operação. A Política de Bem-estar Animal baseia-se no rigoroso controle de tolerância zero a atos de abuso, negligência ou maus-tratos aos animais, visando sempre implementar as melhores práticas de manejo, treinamento dos envolvidos e verificações constantes de todas as etapas de produção.

Mais informações podem ser acessadas na seção ‘Qualidade do Produto e Respeito com a Vida’.

A Minerva Foods possui certificação de terceira parte em bem-estar animal em 90% (n=18) de suas unidades de abate no Brasil, Argentina, Colômbia, Paraguai e Uruguai.

As certificações utilizam protocolos de reconhecimento internacional da NAMI (North American Meat Institut) e auditores PAACO (Professional Animal Auditor Certification Organization).

Mais informações podem ser acessadas na seção ‘Qualidade do Produto e Respeito com a Vida’.

As prioridades no tema para a Minerva Foods são:

  • Garantir que os animais sejam tratados com respeito e dignidade em sua cadeia global;
  • Desenvolver e implantar boas práticas de bem-estar animal nas operações e interfaces com fornecedores; e
  • Avançar na estruturação do Programa de Bem-estar Animal da companhia pautado nos cinco domínios do bem-estar animal.

Mais informações podem ser acessadas na seção ‘Qualidade do Produto e Respeito com a Vida’.

As medidas tomadas pela Minerva Foods são:

  • Adição de KPI’s de bem-estar como parte da carta de metas da alta gestão da companhia;
  • Equipe técnica de bem-estar animal especializada em todas as operações;
  • Esclarecimento de responsabilidades internas da importância do bem-estar animal para a Companhia;
  • Manutenção de comitê consultivo corporativo sobre bem-estar animal;
  • Parceria com outras partes interessadas do setor;
  • Promoção de eventos, treinamentos e conferências de bem-estar animal para públicos interno e externo; e
  • Implantação de cláusulas contratuais para aderência a política de bem-estar animal da Minerva Foods por parte dos fornecedores.

Mais informações podem ser acessadas na seção ‘Qualidade do Produto e Respeito com a Vida’.

Sim, a Minerva Foods realiza a capacitação contínua sobre temas socioambientais por meio da veiculação de informações em mídias sociais, e-mail e tv corporativa nas unidades operacionais.

No momento da integração de todos os colaboradores, a área de meio ambiente apresenta seu sistema de gestão ambiental e o que é esperado do ingressante sobre a separação e disposição de resíduos, consumo consciente de água e energia.

Na ocasião da integração também é apresentado o Código de Ética da Companhia com os princípios e ações esperados sobre diversas pautas, entre elas promoção e proteção da saúda e integridade física dos colaboradores, prestadores de serviços e visitantes, respeito ao meio ambiente e a comunidade, práticas de manejo visando o bem-estar animal, qualidade e segurança de alimentos, respeito ao próximo (combate à qualquer forma de discriminação, trabalho forçado e infantil), cumprimento da legislação e demais regulamentações aplicáveis e a busca pelo atendimento das necessidades e expectativas de clientes e demais partes interessadas.

Mais informações podem ser acessadas na seção ‘Prosperidade da Nossa Gente’.

A Minerva Foods, por meio do programa Estar bem, conta com importantes iniciativas de estimulo à qualidade de vida. Destacam-se a biblioteca virtual, palestras educativas e orientativas, semana interna da saúde e campanhas de saúde e vacinação contra influenza.

A Companhia ainda disponibiliza o Dr. AON, que promove a alimentação saudável e prática de atividade física com acompanhamento personalizado feito por coach nutricional e educadores físicos, acompanhamento gestacional e orientação médica e o Programa de Atendimento aos Colaboradores (PAC) que contempla atendimentos relacionados à assistência psicológica, social, previdenciária, jurídica e financeira, tanto para colaboradores, como seus dependentes e familiares.

Mais informações podem ser acessadas na seção ‘Prosperidade da Nossa Gente’.

A Minerva Foods informa seu público interno sobre os direitos consignados nesses instrumentos coletivos garantindo seu exercício. Contempla ainda uma agenda aberta ao diálogo, independentemente de negociações coletivas e datas-bases definidas pelo governo e/ou entidades de representação dos colaboradores.

Mais informações sobre a adesão a Acordos e/ou Convenções de negociação coletiva podem ser acessadas na seção ‘Indicadores’.

A Minerva Foods estabelece diretrizes sobre o tema com intuito de promover, proteger e incentivar a saúde e integridade física de seus colaboradores, prestadores de serviços e visitantes, por meio de condições e comportamentos seguros e saudáveis e da gestão para eliminar perigos e reduzir riscos identificados em seus processos, prevenindo lesões, problemas de saúde relacionadas ao trabalho e ocorrência de incidentes.

As principais linhas de gestão do seu sistema de saúde e segurança são:

  • Comitês locais de segurança;
  • Gestão dos risco críticos;
  • Monitoramento dos requisitos legais aplicáveis ao negócio;
  • Observação de segurança;
  • Monitoramento da saúde;
  • Gestão de prestadores de serviço;
  • Liderança em segurança;
  • Comunicação e consulta; e
  • Gestão de consequências.

A partir do seu sistema de gestão de saúde e segurança, a Minerva Foods atua na prevenção de acidentes com diversas linhas de trabalho, com destaque para gestão do riscos críticos e suas ‘Regras de Ouro’.

A gestão de riscos críticos é uma prioridade, onde estes são monitorados, avaliados e controlados de forma periódica e regular. Com um rígido sistema de controle, auditorias e investimentos para bloquear as possibilidade de eventos graves e críticos.

Os principais riscos críticos são:

  1. Trabalho com eletricidade;
  2. Amônia;
  3. Trabalho em altura;
  4. Movimentação e içamento de cargas;
  5. Máquinas e equipamentos;
  6. Vasos de pressão e caldeiras;
  7. Espaço confinado;
  8. Prevenção e proteção contra Incêndio; e
  9. Trabalho em ambientes frio.

‘Regras de Ouro’ é um dos principais programas da Companhia de estimulo ao comportamento seguro. São 10 regras que salvam vidas, construídas com as melhores práticas do mercado e com base nos principais aprendizados da Minerva Foods. São regras que atuam no processo educacional e de aprendizado, rumo a uma evolução da cultura de segurança do trabalho.

Sim, a Minerva Foods possui um importante programa para a gestão de seus colaboradores e todos aqueles que trabalham em seu nome, em específico para seus contratados e subfornecedores.

Todos os contratados e subfornecedores são avaliados sistemicamente antes de qualquer prestação de serviço. Juntamente com um rígido programa de integração e treinamento, todas as atividades são avaliadas previamente antes da sua execução para assegurar que todos os riscos foram identificados e controlados.

Em fevereiro de 2020, quando o primeiro caso de COVID-19 foi confirmado no Brasil, a Minerva Foods se mobilizou, pioneiramente, para a construção de um sólido e técnico plano de enfrentamento com apoio do Hospital Israelita Albert Einstein.

Adicionalmente ao protocolo de contingenciamento, a Minerva Foods trouxe importantes programas de apoio de saúde física e mental aos seu trabalhadores, como por exemplo o DR. AON e seu Programa de Atendimento ao Colaborador (PAC).

Mais informações podem ser acessadas no Relatório de Sustentabilidade e na seção ‘Prosperidade da Nossa Gente’.

O Conselho de Administração da Minerva Foods possui 11 membros, sendo 7 brasileiros e 4 estrangeiros. É composto por um grupo com diferentes formações acadêmicas e experiência corporativa dentro do segmento de atuação da Companhia.

Atualmente não há mulheres no Conselho de Administração, porém, vale ressaltar, que há uma representante feminina na Diretoria Executiva.

Mais informações podem ser acessadas nas seções ‘Nossa Estratégia’ e ‘Administração Sólida e Comprometida’ e na página de Relações com Investidores.

Sim, a Minerva Foods possui o canal de ouvidoria ‘Conexão Minerva’. Para acessar o canal, basta entrar em contato por:

Site: conexao.minervafoods.com
Telefone: 0800 741 0027
E-mail: conexaominerva@canalconfidencial.com.br

O Conexão Minerva é operado por empresa terceirizada contratada pela Minerva Foods, garantindo a sua independência, autonomia e imparcialidade. Todas as manifestações recebidas através desse canal são enviadas ao ouvidor/secretário do Comitê de Ética e Integridade.

O programa de Compliance da Minerva Foods adota rigorosos controles a fim de diminuir os riscos relacionados a práticas de corrupção, uso de informação privilegiada, concorrência desleal, trabalho infantil, forçado e escravo, entre outras ações combatidas veementemente pela Companhia.

Além disso, a Minerva Foods é signatária do Pacto Global da ONU uma iniciativa voluntária de grandes lideranças corporativas que contribuem para o crescimento sustentável do nosso planeta, através da incorporação dos 10 objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS).

Mais informações podem ser acessadas na seção ‘Administração Sólida e Comprometida’.

Sim. Para realizar a consulta basta acessar o site conexao.minervafoods.com para que o usuário seja redirecionado para a plataforma da empresa terceira e independente que administra o canal de ouvidoria.

Para acompanhamento da manifestação o usuário deve seguir as orientações no momento do registro do relato e utilizar o número do protocolo para consulta.

Público Interno:

  1. Clicar em ‘Colaborador’ > ‘Acompanhar relato’
  2. Digitar o número do protocolo do relato e depois clicar em ‘Consultar protocolo’

Público Externo:

  1. Clicar em ‘Público Externo’ > ‘Comunidade’ > ‘Acompanhar relato’
  2. Digitar o número do protocolo do relato e depois clicar em ‘Consultar protocolo’

Sim, a Minerva Foods possui um Código de Ética aprovado pelo Conselho de Administração no qual estão definidos os princípios éticos de atuação, com responsabilidade de aplicação por colaboradores e parceiros de negócios. O documento inclui diversos temas, entre eles: cumprimento da legislação e normas regulamentadoras, ética e integridade, proteção aos direitos humanos, cumprimento de leis e normas trabalhistas, cuidados com o meio ambiente, entre outros.

Mais informações podem ser acessadas nas seções ‘Prosperidade da Nossa Gente’ e ‘Administração Sólida e Comprometida’.

A Minerva Foods entende que a entrega de brindes é uma postura cultural em diversos países no mundo, porém a entrega de brindes aos colaboradores da Companhia estão submetidas a algumas regras, são elas:

  • O valor não pode ultrapassar U$ 100,00 (cem dólares) anuais;
  • Não podem ser entregues com objetivo de fazer negócios, ou em período próximo a renovação contratual;
  • Não é permitido o envio de brindes com caráter de obter vantagens; e
  • De empresas concorrentes.

Mais informações podem ser acessadas na seção ‘Administração Sólida e Comprometida’.

A Minerva Foods trata dados pessoais e/ou dados pessoais sensíveis conforme política de privacidade disponível em nosso site para consulta pública.

Para solicitações envolvendo o tema e a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) brasileira, é possível entrar em contato com o Encarregado de Proteção de Dados da Minerva Foods pelo endereço de e-mail: privacidade@minervafoods.com.

Mais informações podem ser acessadas na seção ‘Administração Sólida e Comprometida’.

Conteúdos Relacionados

Dedicação ao
Planeta

Prosperidade da
Nossa Gente

Qualidade do Produto e
Respeito com a Vida